Vídeo

Recebidos do Mês

Olá pessoal!Publicamos um vídeo semana passada mostrando alguns chás que recebemos no mês passado e esqueci de postar aqui também! Gostaríamos de agradecer novamente à Infusorina, à @bellatuk e à Lu 🙂 Já está lá no canal também a parte 3 da nossa conversa sobre o IELTS. Um abraço e até a próxima!

Anúncios

Top 5 – Chás sem cafeína

Olá pessoal! Como expliquei melhor no instagram (me segue lá @chacomhistorias) estou reduzindo bastante o consumo de chás com cafeína no momento, e procurando opções sem essa substância. Já preparei outro post com chás para dormir, e por isso hoje trago 5 infusões livres de cafeína, mas que não necessariamente sejam relaxantes.

Mas qual chá tem cafeína?

Bom, a princípio todos os tipos de chá (verde, preto, branco, oolong, pu-er) têm alguma quantidade de cafeína. Erva-mate também. Como alternativa temos as infusões: camomila, erva-doce, capim-limão, maçã, limão, e por aí vai. O rooibos também é uma ótima opção, pois possui um sabor menos herbal, assim como o honeybush, que tem um sabor acentuado de mel, mas ainda é um pouco difícil de achar.

Chá da Nina (Talchá)

   chá da nina

Pense em uma mistura de tudo que há de mais gostoso no mundo! Este chá tem cereja, cranberry, kiwi, maçã e flocos de coco. O cheiro de cereja é bem intenso, mas o sabor é um pouco mais suave. O resultado é uma bebida super docinha! Mostramos mais um pouquinho deste e outros chás no vídeo Recebidos do Mês.

Alice in Wonderland (Adagio Teas)

alice_in_wonderlandTem como não gostar de um chá com esta embalagem? Assim como o Chá da Nina, ele também é uma infusão frutada, mas possui rooibos verde que dá um toque especial! Além disso, ele contém maçã, folhas e frutos de framboesa, morango, sabor morango e creme, centáurea e pétalas de rosa. Confira a resenha completa!

Earl Grey Descafeinado (Kusmi Tea)

kusmitea-earl-grey-detheine-aux-agrumes-125g_1O melhor dos dois mundos! Este chá tem todo o sabor do chá preto, mas sem a cafeína. Chá preto às dez da noite? Sim, por favor! O sabor é o mesmo do Earl Grey tradicional, num blend que mistura chá preto com aromas de bergamota, limão e lima.

Apple and Elderflower (Whittard)

apple and elderflower whittardTrouxe este chá de presente para minha mãe, mas gostei tanto que ela acabou me dando um pouco de volta (desculpe mãe!). Esta infusão contém maçã, rosas e elderflower, que aparentemente é traduzido como flor de sabugueiro. O sabor é bem diferente, frutado e floral. Ele foi vencedor do Great Taste Awards de 2012 e 2014, e é um dos best sellers da Whittard. Fica ótimo quente ou gelado!

Honey Vanilla Chamomile (Celestial Seasonings)

chá celestial

 

Esta infusão é uma das minhas favoritas de todos os tempos! Ele tem camomila, casca de laranja, sabor de mel, alcaçuz, chicória tostada (oi?), capim-limão e outros sabores. Não se assuste com a chicória, ele tem um sabor delicioso e bem docinho de camomila e mel. Na minha opinião, é bem mais gostoso que o Camomile, Honey & Vanilla da Twinnings, porque o sabor de baunilha é mais acentuado. Vai ver é a chicória? Infelizmente aqui no Brasil ele é vendido somente num kit degustação (este da foto abaixo) com outras 4 infusões da Celestial, que contém só 3 saquinhos de cada (e o de menta sempre sobra).

 

sampler celestial

 

Aliás, este kit é uma ótima opção, pois todos os chás são livres de cafeína! Espero que tenham gostado! Um abraço e até a próxima!

Vídeo

IELTS Parte 1: Como nos preparamos

Olá pessoal! Ficamos um tempo sem postar aqui no blog porque estávamos nos preparando para fazer o IELTS. No vídeo contamos um pouco como foi nossa experiência!

Aqui estão os links para o material que utilizamos:

Barron’s IELTS: http://www.saraiva.com.br/barrons-ielts-international-english-language-testing-system-with-2-cds-4852179.html
IELTS Liz: https://www.youtube.com/user/ieltsliz
English Lessons with Adam: https://www.youtube.com/user/EnglishTeacherAdam
engVid: http://www.engvid.com
Englisch Hilfen: http://www.englisch-hilfen.de/en/

Um abraço e até a próxima!

Top 5 – O que eu andei lendo

Olá pessoal! Estava sumido aqui do blog porque resolvi fazer o IELTS (a prova de inglês), mas vou gravar um vídeo contando mais sobre isso. Como tive pouco tempo para me preparar (cerca de um mês), me dediquei bastante aos estudos e com isso li mais livros em inglês. A boa notícia é que todos eles são ebooks grátis (de domínio público), então se você também quer praticar, aproveite os links.

 

orgulho e preconceito

Comecei lendo Orgulho e Preconceito (Pride & Prejudice) da Jane Austen, o que talvez não tenha sido a melhor escolha. Claro que o livro é uma obra-prima, mas a trama não me atraiu muito. Demorei para terminar de ler! Quando estava próximo do final, assisti o filme, e isso me ajudou a mergulhar um pouco mais na história. Aliás, o filme é muito bem adaptado, e bem fiel ao livro (apenas o fim é um pouco diferente). O inglês é bem difícil, e repleto de termos arcaicos que não são mais utilizados, o que dificultou um pouco a leitura. A história tem muitos personagens, e tenho um pouco de dificuldade quanto a isso. Por isso foi bom ler no aplicativo do Kindle, pois conseguia consultar o índice de personagens para me ajudar. Aliás, eles são super bem construídos, e a relação entre eles é um ponto alto da história. Apesar destes detalhes, gostei de ter lido o livro e conhecer melhor este clássico. A ambientação lembra muito Downtown Abbey, então você gosta do seriado tem grandes chances de gostar do livro. Baixe grátis aqui.

 

madame_bovary

Quando estava terminando Orgulho e Preconceito, comecei a intercalar com Madame Bovary. Pois é, tenho esta mania de ler vários livros ao mesmo tempo (eram 4, no caso). O inglês era um pouco mais fácil que o do livro anterior, mas ainda assim em um nível avançado. Achei o começo da história interessante, mas perdi a motivação um pouco depois. Basicamente porque a Madame Bovary é um personagem muito irritante (não mais que America Singer, claro). Vale lembrar que o livro causou escândalo na época do seu lançamento, principalmente devido ao tema do adultério. De uma forma geral, não curti muito. Baixe grátis aqui.

 

the raven

Este foi um dos livros que mais gostei de ter lido neste período. O Corvo é um clássico da poesia do período mais “macabro” do romantismo. Não imaginava que o livro seria tão curto, dá para ser lido em uns 20 minutos. Não costumo ler poesia, mas a métrica e ritmo dos versos de Poe são incríveis. É um livro para ser lido no idioma original. O inglês é um pouco difícil, mas várias palavras são repetidas. Como a história é curta, vale a pena ler com o Google Tradutor ao lado. Baixe grátis aqui.

 

selva_de_gafanhotos

Ganhei Selva de Gafanhotos e mesmo no meio da rotina de estudos, não consegui parar de ler. A história é bem envolvente, e um pouco maluca. A edição é muito bem feita, com capa verde fluorescente e bordas das páginas em amarelo. A história tem várias repetições, que fazem sentido dentro do livro, mas que me incomodaram um pouco, assim como o egoísmo do personagem principal. Outro detalhe é que o autor tenta dar explicações para a origem dos gafanhotos gigantes e outros experimentos, mas na realidades elas não fazem nenhum sentido científico. Pra mim o livro seria ainda melhor se continuasse sendo um realismo fantástico. Tirando isso, a leitura foi divertida.

 

mini livro o pequeno principe

Pra finalizar, reli O Pequeno Príncipe pela milésima vez. Levei esta edição mini-livro para o trabalho e lia enquanto o computador estava travado (mas já consegui resolver este problema hahaha). Gosto muito da história, principalmente porque consigo enxergar um detalhe diferente a cada vez que leio. Com certeza lerei de novo em outras ocasiões.

Também comecei a ler O Retrato de Dorian Grey em inglês (Baixe aqui) mas ainda não terminei. A história é bem diferente do que eu imaginava e com certeza vou acabar. Junto com ele estou lendo Toda Luz Que Não Podemos Ver e estou adorando, por enquanto. Quando acabar faço resenha aqui no blog. Aliás, você quer resenha completa de algum destes livros acima? Me conte nos comentários! Um abraço e até a próxima!

2) Chá Verde

Agora que você já sabe bem o que é chá, vamos conversar um pouco sobre o chá verde.

chá dragonwell

Processo

Para a produção deste tipo de chá, as folhas são colhidas, murcham, depois são secas e enroladas. Enquanto as folhas murcham, elas começam a perder umidade e a desenvolver o sabor e o aroma. A clorofila começa a degradar, e os níveis de cafeína sobem um pouco.

O principal diferencial do chá verde é que as folhas não oxidam (ou oxidam muito pouco). Para evitar que este processo ocorra, as folhas são aquecidas, por vapor ou em uma superfície quente. Basicamente, elas são “refogadas”. Isto inativa as enzimas, e impede que as folhas fiquem escuras. Simultaneamente, as folhas são enroladas em diferentes formatos, conforme o tipo de chá verde.

Existem vários subtipos comuns de chá verde, determinados por variações nos seguintes aspectos: local de plantio, a estação de colheita, a composição do chá (folhas/brotos), o tipo de secagem e o formato. Alguns tipos comuns são: Dragonwell, Gunpowder, Gyokuro, Sencha, Bancha e Genmai Cha (com adição de arroz tostado).

chá verde adagio

Preparo

Cada chá é diferente do outro, e por isso o tempo e temperatura ideal podem variar. Os outros ingredientes acrescentados no blend também podem interferir nestes parâmetros. Na dúvida, comece seguindo as instruções da embalagem e depois tente adaptar para seu gosto pessoa.

De uma forma geral, o chá verde é preparado a 80ºC, por cerca de 3 minutos. É interessante utilizar água filtrada, pois o cloro pode interferir no sabor. Caso você não tenha como controlar a temperatura da água, desligue o fogo assim que começarem a aparecer as primeiras bolhas de ar. No vídeo abaixo eu mostro em mais detalhes como preparar chá verde, de uma forma geral.

Chá verde é amargo?

Muitas pessoas têm esta impressão sobre o chá verde, mas isto provavelmente se deve ao preparo incorreto. Quando ele é preparado com água fervida, ou deixado em infusão por muito tempo, libera mais taninos e realmente deixa a bebida amarga. Um produto de má qualidade também pode ter esta característica indesejada. Quando preparado de forma correta, ele possui sabor bem agradável e pode ser tomado sem açúcar tranqüilamente.

bancha

Fontes: World of Tea, Tea Class,

1) O que é chá?

Você sabia que o chá é a segunda bebida mais consumida do mundo? Sim, o chá é mais consumido que o café (a primeira da lista é, claro, a água!). E todos os tipos de chá são provenientes da mesma planta, a Camellia sinensis. Mas e os chá de hortelã, camomila e mate, por exemplo? Tradicionalmente estas bebidas não são chamadas de chá, mas sim de infusão. Já os chás preto, branco, verde, oolong e pu-erh são compostos pelas folhas da planta do chá, passando por diferentes etapas de processamento.

Embed from Getty Images

Estas etapas geralmente incluem colheita, oxidação, secagem, mas alguns chás, como o pu-erh passam ainda por uma etapa de fermentação. Cada tipo de chá deve ser preparado com uma temperatura, tempo e quantidades diferentes. Se você já tomou um chá verde amargo, por exemplo, provavelmente alguma destas características estava inapropriada. É interessante utilizar sempre água filtrada, pois o cloro pode interferir no sabor do chá.

Embed from Getty Images

Como todos os chás são provenientes da mesma planta, seus benefícios à saúde são relativamente semelhantes. Uma das principais qualidades do chá é sua alta quantidade de polifenóis que, de uma maneira geral, “combatem” os radicais livres, entre outros benefícios. Além disso, os chás contém outros estimulantes (teína e teobromina) em maiores quantidades que a cafeína. Juntamente com o aminoácido raro L-teanina, encontrado apenas nos chás verde e branco, proporcionam energia enquanto relaxam o corpo, sem gerar aquele pico de energia como ocorre com o café. Não podemos reclamar também do fato de o chá não possuir calorias.

Outro fato interessante é que um chá de qualidade pode ser utilizado para mais de uma infusão. Aliás, utilizar as folhas apenas para uma xícara é um grande desperdício. Cada infusão vai extrair substâncias diferentes, e é interessante observar a variação no sabor a cada xícara. A cafeína, por exemplo, que é muito hidrossolúvel, é extraída quase totalmente na primeira infusão. Esta é uma ótima dica para consumir chá à noite: você pode descartar a primeira infusão. Já os polifenóis são liberados mais gradativamente. Mas o ideal é que as múltiplas infusões sejam preparadas sucessivamente ou ao longo do dia, pois as folhas podem degradar se armazenadas úmidas.

Então recapitulando:

  • O chá é a segunda bebida mais consumida do mundo.
  • Todos os chás são proveniente da Camellia sinensis.
  • O chá traz benefícios à saúde
  • É possível (e recomendado) preparar múltiplas infusões.

E por hoje é só! Espero que tenham gostado! No próximo post do nosso “curso” vamos conhecer um pouco mais sobre o chá verde. Até mais!

Referências bibliográficas: TeaClass e Chá Yê.