A História Sem Fim – Michael Ende

Estava sem nenhum livro novo para ler, e A História Sem Fim me chamou da estante! Nunca tinha lido a obra mais famosa de Michael Ende, nem assistido o filme, então posso garantir que essa resenha é livre de nostalgia! O livro é do gênero Fantasia, e achei a escrita parecida com As Crônicas de Narnia, porém superior.

a história sem fim

Um dos pontos mais legais da história, é que ela fala sobre um livro chamado A História Sem Fim, que seria o mesmo livro que nós lemos. Ele contém duas metades bem definidas: na primeira metade, conta-se as peripécias do guerreiro Atreiú, em sua jornada para encontrar a única pessoa que pode dar um novo nome à Imperatriz Criança, e com isso salvá-la e todo o reino da Fantasia. Acredite, isto faz sentido dentro do contexto! A segunda metade eu não posso contar sem dar spoilers. Se você assistiu o filme, saiba que ele conta apenas a primeira metade do livro, e a segunda metade começa onde o filme termina.

livro a historia sem fim

Achei muito interessante a parte que explica porque a história é sem fim. É de dar um nó na cabeça! Em muitos momentos você se sente prestes a entrar dentro daquele mundo. Por outro lado, achei que o escritor descreve muito pouco cenas importantes, como as de batalha. Várias vezes apenas se conta o resultado final. Já as descrições de paisagens e personagens são sempre bem longas, o que eu particularmente não gosto (alô Senhor dos Anéis). No início há também muita repetição das mesmas expressões, como por exemplo “deixou-se ficar”. Essa expressão se repete em torno de 5 vezes logo nas primeiras páginas, sendo duas no mesmo parágrafo. Não sei dizer se seria um problema de escrita ou tradução. Depois de um tempo, este problema é corrigido (ou talvez eu tenha me interessado mais pela história e parado de reparar).

letras historia sem fim

O livro é impresso em vermelho e verde, sendo que as partes em vermelho se passam no mundo real e as partes em verde se passam no mundo da Fantasia. Achei a edição muito caprichada! Não posso falar o mesmo do material de que o livro é feito. Ele é bem frágil, e mesmo manuseado com cuidado, estraga com facilidade.  Outro detalhe bonito é que a primeira letra de cada capítulo ocupa uma página inteira toda decorada. É interessante observar que as primeiras letras estão em ordem alfabética. Por exemplo, o primeiro capítulo começa com A, o segundo com B e assim por diante. Isto deve ter dado um trabalho enorme na tradução, que é muito bem feita. A exceção para mim seria a letra W, que ficou um pouco improvisada. O capítulo começa com a palavra Während, que pelo que eu saiba é apenas “enquanto” em alemão. Mas no restante as letras se encaixam bem, sem que a ordem alfabética pareça forçada.

capitulo historia sem fim

No geral, eu gostei bastante do livro! Achei a história envolvente e interessante, alternando partes empolgantes e calmas. Apesar de originalmente ser um livro infantil, possui várias passagens um tanto sombrias, e até mesmo filosóficas. Mas se prepare para ganhar uma moral da história bem evidente. Particularmente, preferia que o final fosse diferente. A edição é muito bonita, e com certeza única em minha coleção. Mas infelizmente a impressão colorida encarece, e o resultado final custa em torno de R$50,00. Espero que tenham gostado! Um abraço, e até a próxima!

Anúncios